PIX com criptomoedas: como funciona?

pix com criptomoedas

Compartilhe a criptoeconomia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Mais praticidade, menos burocracia e envios instantâneos. O pix você já conhece e sabe que funciona. Mas e o pix feito com o seu saldo de criptomoedas? 

A Bancryp possibilita que você converta suas criptomoedas para reais em segundos e assim, pode fazer um PIX para qualquer pessoa ou instituição.

Dessa forma você pode movimentar suas criptomoedas e dar mais usabilidade para elas. Algumas vantagens de usar o PIX:

Sem taxas
Você não precisa se preocupar com cobranças. É tudo feito de forma gratuita e sem taxas!

Sem horário definido
Você não depende de horário comercial ou expediente bancário para que as operações sejam processadas. É instantâneo!

Utilize suas criptomoedas
Você converte suas criptomoedas para reais em segundos e utiliza o saldo para enviar um PIX para qualquer pessoa.

Veja como converter suas criptomoedas para reais e usar o Pix:

  1. Abra o app Bancryp
  2. Selecione a criptomoeda que você quer converter para reais
  3. Informe a quantidade e aperte em vender
  4. O saldo estará disponível na mesma hora
  5. Depois, clique em PIX
  6. Clique em Transferir com PIX
  7. Informe o valor que deseja enviar e coloque a chave Pix de quem vai receber
  8. Confira as informações e clique no ícone verde “Curtir

Você sabia?

O Pix foi criado pelo Banco Central em Novembro de 2020 e até junho de 2021 já teve mais de 626 milhões de transações dentro do Sistema de Pagamentos Instantâneos. Só de chaves cadastradas já existiam mais de 274 milhões.

E a tendência é que cada vez mais pessoas usem o PIX como forma de pagamento. O que você acha? O PIX veio para ficar?

Veja também: Como fazer um PIX no app da Bancryp?


Acompanhe nossos canais oficiais:

Telegram: https://t.me/bancrypEN 

Facebook: https://goo.gl/uSFiLb 

Instagram: https://goo.gl/UfKeSr 

Twitter: https://goo.gl/8CbCms 

YouTube: https://goo.gl/LmkeD2 

Compartilhe a criptoeconomia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram